Bolsonaro sabota vacina salvadora

Acusado por entidade internacional de direitos humanos de ter sabotado combate à pandemia de convid no Brasil, presidente sequer registra mortes ilustres como a do prefeito de Goiânia

José Nêumanne

14 de janeiro de 2021 | 20h59

Maguito Vilela (MDB) estava internado desde outubro e enfrentava uma infecção pulmonar diagnosticada pouco antes de sua morte, não registrada pelo capitão sem noção. Foto: Reprodução/Redes sociais

1 – Observatório dos Direitos Humanos acusa presidente de ter boicotado o combate à covid 19, que matou o prefeito de Goiânia, Maguito Vilela, e duas irmãs, enquanto ele ridicularizava os 50,38% de eficácia da Coronavac, sem sequer saber do que se trata. 2 – Macron pregou boicote à soja brasileira por causa das queimadas na Amazônia, pelas quais culpa o capitão sem noção. 3 – Casa dos Representantes dos EUA começa a julgar impeachment de Trump. 4 – Voto da bancada do PT no candidato do Centrão e de Bolsonaro não pode ser definido como apoio, mas cumplicidade de delilnquentes em busca de impunidade. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.