O mordomo do impeachment

O mordomo do impeachment

Senado confirma em votação que por oraTemer é só o que temos para o jantar

José Nêumanne

10 de agosto de 2016 | 08h46

Trio Renan Lewa Lira

Trio Renan Lewa Lira

Mesmo com a decisão de 59 senadores contra 1 de tornar Dilma Rousseff ré no processo de impeachment, os caprichos de Lewandowski ainda podem alongar o prazo para o julgamento final até setembro. Mas, para alívio de pelo menos dois terços de Câmara, Senado e cidadãos, ele não poderá postergá-lo para depois de 10 de setembro, quando já terá empossado Cármen Lúcia em seu lugar.

Clique aqui para ler a íntegra do artigo publicado no Estadão

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.