As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Volta a polêmica da prisão pós-2.ª instância

Habeas corpus dado pelo novo decano do STF para soltar traficante do PCC é argumento para reforçar posição de parlamentares que defendem eventual prisão para condenados em segunda instância

José Nêumanne

14 de outubro de 2020 | 12h57

Maia não facilitará revisão do dispositivo do CPP que deu argumento a Mello para soltar André do Rap, pois foi cúmplice de Alexandre de Moraes na autoria dele. Foto: André Dusek/Estadão

A polêmica em torno da soltura do traficante André do Rap, apontado como um dos principais líderes do PCC, levou parlamentares a aumentarem a pressão pela retomada da discussão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da prisão após segunda instância. Ontem, deputados entregaram ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), um requerimento pedindo autorização para que a comissão especial volte a se reunir. Assim como as demais comissões da Casa, o grupo teve os trabalhos paralisados por causa da pandemia do coronavírus. Nada, contudo, indica que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, facilitaria a tomada de providência pedida por seus nobres pares. Para ele, que compôs a comissão que reformou o Código de Processo Penal, em cumplicidade com Alexandre de Moraes, a culpa é da interpretação de Mello.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Comentários para quarta 14 de outubro de 2020

1 – Haisem – De 14 setores da economia, só 4 se recuperaram de perdas – Esta é a manchete da edição impressa do Estadão de hoje. De que o País depende para se recuperar dos terríveis impactos da pandemia da covid 19, como revela esta notícia

2 – Carolina – Parlamentares defendem prisão após segunda instância – Este é o título de outra chamada de primeira página da edição impressa do jornal. Você acredita na possibilidade de ser derrubada pelo Poder Legislativo a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal sobre essa decisão que poderia fortalecer o combate à corrupção

3 – Haisem – Bia Kicis confirma ter recebido dinheiro para exibir vídeos no YouTube – Este é o título de uma chamada de capa do Portal do Estadão nesta quarta-feira. O que você tem a dizer sobre essa confissão de uma parlamentar notoriamente bolsonarista

4 – Carolina – As mãos sujas de sangue dos falsos garantistas – Este é o título de seu artigo publicado na página A 2, de Opinião, do Estadão de hoje. Qual é a conexão que você constata entre a blindagem dos políticos corruptos e a libertação do traficante André do Rap, do PCC, pelo novo decano do Supremo Tribunal Federal, ministro Marco Aurélio Mello

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.