Vivendo à custa de mamãe e papai

Marcos Guterman

25 de março de 2012 | 10h00

Uma pesquisa do Pew Research Center mostra que 10% dos adultos americanos recebem algum tipo de ajuda financeira dos pais. Entre os adultos de 18 a 34 anos, 19% apelam a esse socorro. Além disso, 39% desses adultos ainda moram com os pais.

Dos entrevistados entre 25 a 34 anos, 80% dizem que vivem à custa de papai e mamãe porque não têm dinheiro o bastante para levar a vida que gostariam.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.