The Economist pede: legalize já

Marcos Guterman

08 de março de 2009 | 13h55

A revista The Economist voltou a defender a legalização das drogas. Segundo a respeitada publicação liberal, a política de combate ao narcotráfico, pelos meios tradicionais, simplesmente fracassou. A solução da legalização, embora seja ruim, pode ser apenas um mal menor, diante dos prováveis benefícios na desmontagem do crime organizado.

Ademais, diz a revista, diante de um século de fracasso na repressão às drogas, talvez tenha chegado a hora de tentar outra idéia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.