Sexo e a lógica holandesa

Marcos Guterman

02 Maio 2010 | 00h09

Um grupo de especialistas ligados à polícia da Holanda defendeu a liberação do sexo nos parques do país. O exemplo, para eles, é Amsterdã, cujo principal parque, o Vondelpark, a partir de setembro não reprimirá mais os casais que resolverem transar no local – desde que seja à noite, longe do playground das crianças e sem deixar rastro de camisinhas.

“Por que temos de tentar manter algo que é impossível manter (o veto ao sexo), que não atrapalha ninguém e, para certas pessoas, significa muito prazer?”, questionou uma autoridade da capital holandesa.

A mesma resolução, por outro lado, manteve a proibição aos cachorros no parque. Para os especialistas, os animais atrapalham os usuários que estão tomando banho de sol e andando de bicicleta.

(via Freakonomics)

Mais conteúdo sobre:

Holandasexo