“Se quiser viver aqui, aprenda inglês”

Marcos Guterman

29 de abril de 2010 | 01h14

O Estado americano do Arizona aprovou recentemente uma lei que permite aos policiais exigir documentos de pessoas sobre quem recaiam “razoáveis suspeitas” de serem imigrantes ilegais – e sabemos quem são os suspeitos habituais. A gritaria foi geral, de Barack Obama ao presidente do México, Felipe Calderón. Houve quem comparasse a legislação ao apartheid.

Os EUA são um país de imigrantes, e é inacreditável que ainda haja defensores de políticas que visem a excluí-los da vida nacional. Mas o vírus da intolerância é resistente. No Alabama, o candidato republicano ao governo, Tim James, faz campanha criticando abertamente o fato de que a prova para obter carteira de habilitação seja feita em “uma dúzia de idiomas”. E afirma: “Aqui é o Alabama. Nós falamos inglês. Se quiser viver aqui, aprenda inglês”.

Tudo o que sabemos sobre:

imigração

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.