Rolando na lama com os porcos

Marcos Guterman

21 de junho de 2010 | 23h34

É profundo e cada vez mais indefinível o envolvimento dos EUA no Afeganistão. Investigações divulgadas pelo Congresso americano mostram que o dinheiro dos contribuintes do país está financiando uma rede de “senhores da guerra” afegãos para escoltar comboios militares da Otan.

Segundo o New York Times, nem o governo afegão nem a Casa Branca tem controle sobre esses gastos, que “se assemelham ao pagamento a mafiosos em troca de proteção”. Até militantes do Taleban já teriam sido subornados para não atacar os comboios.

Tudo o que sabemos sobre:

Afeganistão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: