Razão de Estado é isso

Marcos Guterman

10 Julho 2010 | 00h20

Uma comissão de investigação da Coreia do Sul concluiu que tropas americanas mataram grupos de civis na Guerra da Coreia (1950-53) em pelo menos 138 ocasiões distintas, mostra o New York Times.

A comissão, no entanto, só vai usar oito desses casos de assassinato para pedir indenização aos EUA. Os demais, segundo os investigadores, ou não têm documentação suficiente ou foram “militarmente justificados”.

Por trás da decisão da comissão, diz o Times, parece estar a inclinação do governo da Coreia do Sul a não se indispor com os americanos.