Quando um sapato é um manifesto político

Marcos Guterman

15 de dezembro de 2008 | 16h31

Faltam alguns dias para Bush deixar a presidência dos EUA, mas ninguém agüenta mais. Nem mesmo aqueles que supostamente estão melhor agora do que no tempo da ditadura de Saddam Hussein, como o jornalista que atirou seus sapatos contra o presidente americano.

O jornalista, Muntader al-Zaidi, se tornou instantaneamente um herói do mundo árabe. Talvez se torne um herói do resto do mundo também.

[kml_flashembed movie=”http://www.youtube.com/v/9uIj0YvDBKE” width=”445″ height=”364″ wmode=”transparent” /]