Procuram-se padres

Marcos Guterman

01 de janeiro de 2009 | 00h00

A Igreja Católica nos EUA está enfrentando um déficit cada vez maior de padres no país. O grande fluxo de imigrantes hispânicos, que elevou o número de católicos americanos, não foi acompanhado pela ordenação de sacerdotes. Assim, como mostra reportagem do New York Times, há padres cuidando de até cinco paróquias ao mesmo tempo, e alguns deles nem lembram o nome da igreja em que estão pregando. Diante disso, os católicos americanos estão se vendo obrigados a recrutar padres do exterior – Peru, Filipinas, Nigéria e Uganda são alguns dos países que têm fornecido sacerdotes para os EUA.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.