Os Simpsons e a resistência da classe média

Marcos Guterman

27 de fevereiro de 2009 | 01h21

O seriado Os Simpsons, que está na vigésima temporada, vai se tornar o mais longevo da história da TV americana: a Fox renovou o contrato da turma de Bart e Homer por mais dois anos.

Nesse tempo todo, parece que pouca coisa mudou para essa família de classe média assalariada americana. No primeiro episódio, em dezembro de 1989, o patrão de Homer Simpson corta o bônus de Natal dos empregados, e ele é obrigado a bancar o Papai Noel num shopping para conseguir salvar as festas da família.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.