Os gays de Obama

Marcos Guterman

28 de outubro de 2010 | 00h15

Barack Obama já é o presidente que mais nomeou funcionários gays na história americana, informa a Associated Press. São mais de 150, superando os 140 de Bill Clinton. “Eles querem fazer disso parte de seus esforços pela diversidade”, comemorou Denis Dison, do Gay & Lesbian Leadership Institute.

Para Michael Cole, da Human Rights Campaign, Obama não merece tanto louvor assim. Ele diz que contratar gays para a administração pública “é uma simples afirmação do ideal americano de que o que importa é como você desempenha seu trabalho, e não quem você é”.

Tudo o que sabemos sobre:

Barack Obamahomossexualidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: