O primeiro presidente negro e o primeiro bispo gay

Marcos Guterman

06 de novembro de 2008 | 18h51


O bispo: “Obama quis saber como é ser ‘o primeiro'”

Gene Robinson, o primeiro bispo gay assumido, revelou ao jornal britânico The Times que se encontrou três vezes com Barack Obama durante a campanha do democrata à Casa Branca. “As primeiras palavras que saíram da boca dele foram: ‘Bem, você certamente está causando um bocado de problemas’. Minha resposta foi: ‘Bem, então somos dois!'”, afirmou o religioso, da Igreja Episcopal dos EUA.

Segundo Robinson, Obama declarou seu apoio ao movimento pelos direitos dos homossexuais e descreveu sua campanha eleitoral como uma “experiência religiosa”. Conforme o registro do Times, o bispo disse ter discutido com Obama os perigos de ser demonizado por opositores e idealizado pelos simpatizantes.

Robinson afirmou que o presidente eleito é mais alto do que ele imaginava, e o descreveu como “Linconlnesco”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.