O mundo tem cada vez menos pobres

Marcos Guterman

23 de janeiro de 2010 | 00h46

A pobreza mundial está caindo de modo dramático. Estudo publicado pelo Vox, site especializado em economia ligado ao britânico Centre for Economic Policy Research, mostra que a porcentagem da população do planeta que vive com menos de US$ 1 por dia recuou de 26,8% em 1970 para 5,4% em 2006.

A população mundial cresceu 80% no período, diz o texto, mas o número de pessoas pobres, de acordo com esse critério, passou de 967 milhões para 350 milhões. Por regiões, o índice despencou 86% no sul da Ásia, 73% na América Latina e 20% na África. A riqueza global cresceu entre 128% e 145%.

O texto não especula sobre as razões pelas quais a pobreza está diminuindo. Afirma somente que a distribuição de riqueza melhorou de maneira significativa, segundo todos os parâmetros. Mas o período estudado coincide com a consolidação daquilo que se convencionou chamar de “globalização”, um dos grandes vilões dos movimentos de contestação do capitalismo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.