O código de ética do PC chinês

Marcos Guterman

26 de fevereiro de 2010 | 01h33

O Partido Comunista Chinês acaba de lançar um código de ética para seus dirigentes. São 52 práticas consideradas “inaceitáveis”, como, por exemplo, aceitar propina e usar o cargo para beneficiar parentes.

Ah, bom.

Tendências: