Na hora do sexo, pense nas corujinhas indefesas

Marcos Guterman

19 de fevereiro de 2010 | 00h25


‘Use camisinha agora e salve a coruja-pintada’, diz a campanha

O Centro para Diversidade Biológica, grupo ambientalista americano, distribuiu 100 mil camisinhas nos EUA com mensagens inusitadas: a ideia é estimular o uso dos preservativos para reduzir a superpopulação e, assim, proteger espécies ameaçadas pela desenfreada presença humana na Terra.

“Para ajudar a fazer do mundo um lugar habitável para outras espécies – e mais saudável e próspera para nós –, pratique reprodução responsável”, diz a entidade.