Na China, reclamar pode ser muito perigoso

Marcos Guterman

29 de abril de 2009 | 00h22

A China sabe bem o que fazer com aqueles cidadãos que ousam abrir processos contra funcionários públicos, geralmente por corrupção. Eles são confinados durante meses em prisões não-oficiais, em locais secretos, sem nenhum direito. O governo, obviamente, nega tudo. A TV Al Jazeera fez interessante reportagem a respeito, que pode ser lida aqui e vista abaixo:

[kml_flashembed movie=”http://www.youtube.com/v/NsN4-A1G5zc” width=”450″ height=”360″ wmode=”transparent” /]

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.