Marofa no Departamento de Estado

Marcos Guterman

09 de abril de 2012 | 10h00

Um relatório do Departamento de Estado dos EUA mostra que a ordem para que os funcionários sejam submetidos a testes para saber se estão fazendo uso de drogas, estabelecida no governo Reagan, está sendo solenemente ignorada.

Ou seja: pode ser que alguns diplomatas ou servidores americanos em funções que lidam com informações “sensíveis” ou “secretas” estejam doidões e ninguém tenha se dado conta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.