E a Playboy não gostou da ‘homenagem’ a Saramago

Marcos Guterman

09 Julho 2010 | 00h12

playboy_portugal_grande

 

A Playboy Enterprises mandou avisar aos responsáveis pela versão portuguesa da revista que a licença para a publicação do título deverá ser cancelada, informa o jornal Expresso. O motivo é a polêmica edição que “homenageou” o escritor José Saramago e sua principal obra, “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”.

A empresa qualificou de “inadmissível” a edição que, além da capa ousada, traz ensaio em que Cristo aparece ao lado de uma prostituta e de uma colegial de minissaia e seios à mostra. Já os editores portugueses consideram que a reação foi desproporcional e que os críticos “não captaram a verdadeira essência e o conceito da revista”.

Para Saramago, a leitura irreverente da Bíblia valeu um Nobel. Já a Playboy, quem diria, revelou-se um pouco mais conservadora.

Mais conteúdo sobre:

José SaramagoPlayboyPortugal