Coreia do Norte: sempre pode ser pior

Marcos Guterman

14 de dezembro de 2010 | 19h11

O governo americano descobriu que o programa nuclear norte-coreano domina uma tecnologia em estágio bem mais avançado do que se supunha – à frente do Irã, por exemplo.

Isso significa que as sanções contra a Coreia do Norte não funcionaram. Significa também que o desafio para os EUA, agora, é tentar impedir que os norte-coreanos vendam sua tecnologia a países do Oriente Médio.

Tudo o que sabemos sobre:

Coreia do Norte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: