Coréia do Norte faz birra com mamãe Clinton

Marcos Guterman

23 de julho de 2009 | 12h46

“Isso (a atitude da Coréia do Norte) é vontade de chamar a atenção. Talvez a mãe que eu sou ou a experiência que tive com crianças pequenas e com adolescentes malcriados me diga: eles só querem chamar a atenção, não dê atenção a eles, eles não merecem.”

HILLARY CLINTON, secretária de Estado dos EUA.

“Só podemos considerar a senhora Clinton como uma senhora engraçada ao usar tal retórica, longe da mais elementar etiqueta na comunidade internacional. Às vezes ela parece uma aluna do primário, e às vezes parece uma aposentada que está fazendo compras.”

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES DA CORÉIA DO NORTE, em nota em resposta a Hillary.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.