Contra o racismo, censura?

Marcos Guterman

15 de junho de 2010 | 23h05

Dominique Sopo, presidente da ONG francesa SOS Racismo, defendeu nesta terça-feira que haja censura contra o que qualificou de “discurso racista”. Segundo Sopo, esse discurso está disseminado no mundo político, no meio artístico e na internet, reduzindo as defesas dos movimentos anti-racismo.

“Há uma redução dos anticorpos contra o racismo na sociedade francesa”, disse Sopo. Nos cartazes da campanha de sua ONG, os slogans são “Cuidado com as ideias que fedem” e “Não se torne porta-voz da intolerância”.

Tudo o que sabemos sobre:

Françaracismo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.