Congresso dos EUA: não houve golpe em Honduras

Marcos Guterman

25 de setembro de 2009 | 00h27

Um

Documento

preparado para o Congresso dos EUA diz que a destituição de Manuel Zelaya respeitou a Constituiçao hondurenha e que, portanto, não se pode falar em golpe de Estado. Já a expulsão de Zelaya do país foi ilegal, diz o relatório.

O deputado republicano Aaron Schock, que divulgou o informe, defendeu que os EUA restabeleçam o envio de recursos a Honduras e que haja anistia geral para os envolvidos no caso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.