Como será Sarah Palin sem maquiagem?

Marcos Guterman

25 de outubro de 2008 | 10h35


Sarah Palin: sorriso milimetricamente projetado

Sarah Palin é a prova de que política é, basicamente, imagem.

Primeiro, descobriu-se que em duas semanas a candidata a vice-presidente gastou US$ 150 mil em roupas, quase US$ 50 mil a mais do que ela ganha por ano como governadora do Alaska. Como o dinheiro é do Partido Republicano, e a lei americana proíbe o uso de verba eleitoral em causa própria, a moça terá de se desfazer dos vestidinhos.

Agora, a campanha republicana informou que Palin fez uso de uma maquiadora de estrelas de seriados de TV, Amy Strozzy, ao custo de US$ 22,8 mil nas duas primeiras semanas de outubro. No mesmo período, Randy Scheunemann, principal conselheiro do candidato John McCain para política externa, levou US$ 20,5 mil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.