Como identificar um terrorista

Marcos Guterman

20 de setembro de 2009 | 12h42

O Departamento da Segurança Interna dos EUA mandou desenvolver um mecanismo que identifica más intenções de pessoas em aeroportos e outros locais de grande concentração de gente. A idéia é ampliar a possibilidade de detectar terroristas muito além da simples identificação visual ou de documentos.

O programa, chamado Future Attribute Screening Technology, vai medir pulsação e alterações de expressão facial e dos olhos, coisas que, segundo os cientistas, indicam que o camarada pode estar escondendo alguma coisa. Então, o suspeito é mandado para uma segunda verificação, esta sim mais direta, para saber quais são suas intenções.

A empresa que está desenvolvendo o produto diz que, no futuro, será desnecessário fazer perguntas nos aeroportos – bastará escanear os passageiros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.