Canadá concede asilo a branco sul-africano

Marcos Guterman

01 de setembro de 2009 | 21h07

O sul-africano Brandon Huntley, 31, obteve asilo como refugiado no Canadá por ter apresentado provas, “claras e convincentes”, de que era perseguido na África do Sul por ser branco.

Ele diz que foi atacado várias vezes por “sul-africanos africanos” desde 1991 e que isso não se deveu a criminalidade, mas a racismo. Huntley afirma que era chamado de “cão branco” durante os ataques.

Via FP Passport

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.