Berlusconi tenta ser "o cara" e leva bronca

Marcos Guterman

03 de abril de 2009 | 18h13

Antes que Lula fosse tratado como “o cara” por Barack Obama, o premiê italiano, Silvio Berlusconi, quis demonstrar grande intimidade com o presidente americano. Foi logo depois da foto oficial do encontro do G-20. Os dirigentes já se dispersavam quando Berlusconi tentou chamar a atenção de Obama, falando alto como se estivesse numa cantina.

Quem não gostou nadinha foi a rainha Elizabeth 2ª. “O que é isso? Por que ele tem de gritar?”, reagiu a monarca. O Palácio de Buckingham tentou desmentir que ela tenha ficado brava com a gafe, mas não teve jeito: a imagem já virou hit na internet.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.