Beijo de Obama faz milagres

Marcos Guterman

12 de fevereiro de 2009 | 02h18


Obama beija Henrietta: beijo de Midas

A sem-teto americana Henrietta Hughes aproveitou um evento protagonizado pelo presidente Barack Obama em Fort Myers, Flórida, para lhe pedir socorro. “Meu filho e eu não temos onde morar e precisamos muito de ajuda”, disse ela ao presidente. “Tenho necessidades urgentes – emprego e casa – e apenas um carro para minha família e eu vivermos. Precisamos mais do que um carro e estacionamentos onde possamos pará-lo. Precisamos de nossa própria cozinha e nosso próprio banheiro. Por favor, nos ajude.”

Obama ouviu Henrietta e respondeu: “Nós vamos ajudá-la, eu prometo, mas há um bocado de gente na mesma situação que a sua”. E a beijou no rosto.

Após o encontro, fartamente documentado, funcionários da Casa Branca procuraram acelerar o processo para que as autoridades da Flórida conseguissem uma casa para Henrietta. Outras ofertas generosas foram feitas a ela. Comentaristas conservadores suspeitam que houve armação da turma de Obama, diz a CNN.

Abaixo, as imagens da conversa entre Obama e Henrietta. No final, uma outra mulher diz a Obama: “Eu te amo, Barack”.

[kml_flashembed movie=”http://www.youtube.com/v/-88Il-4nby0″ width=”425″ height=”349″ wmode=”transparent” /]

Foto: Charles Dharapak/Associated Press

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.