Ah, se a guerra fosse assim…

Marcos Guterman

06 Julho 2010 | 18h52

 

Soldados israelenses que patrulhavam uma rua de Hebron, na Cisjordânia, podem ser punidos. Motivo: ao perceber que não corriam risco, executaram uma coreografia da música “Tik Tok”, da cantora pop americana Ke$ha. O vídeo, claro, se tornou hit, e já apareceu gente para dizer que é fácil dançar quando se é o opressor. Ou seja: mais um desastre de relações públicas de Israel.

O episódio lembra o caso do vídeo de soldados americanos no Afeganistão em uma doce interpretação da música “Telephone”, de Lady Gaga.

Mais conteúdo sobre:

Israel