A palavra do ano: resgate

Marcos Guterman

11 de dezembro de 2008 | 23h19

O dicionário online Merriam-Webster anunciou sua tradicional lista das dez palavras mais procuradas no ano em seu site. Como era previsível, a palavra campeã foi “bailout”, nome que resume a operação de resgate de uma empresa ou instituição em dificuldades financeiras.

Em segundo lugar ficou “vet”, que significa veterinário, mas também, como verbo, é pesquisar o passado de algo ou de alguém, coisa óbvia em época de eleição. Depois, aparece “socialism”, provavelmente por causa das acusações de que Barack Obama é um vermelho. As demais palavras são:

– Maverick: nome usado para designar uma pessoa independente; John McCain era chamado de “maverick”

– Bipartisan: termo da moda na eleição americana, designa a idéia de democratas e republicanos trabalharem em conjunto

– Trepidation: mais um nome provavelmente vinculado à crise

– Precipice: lugar para onde vários investidores devem ter ido depois que começou a turbulência financeira

– Rogue: a tradução é “delinqüente”, rótulo usado para os países de que Bush não gostava

– Misogyny: misoginia, ódio às mulheres

– Turmoil: é a turbulência, outro termo apropriado para a crise