A grande terra das oportunidades

Marcos Guterman

05 de agosto de 2010 | 15h23

A África está assistindo a um fenômeno interessante: chineses que haviam migrado para o continente por conta de seu trabalho para grandes companhias da China deixaram seus empregos e montaram pequenos negócios. Segundo reportagem do Danwei, eles estão de olho num mercado estimado em 1 bilhão de consumidores, totalmente por explorar.

Quando começam a prosperar, esses empreendedores chamam seus parentes e amigos chineses para que os ajudem a expandir os negócios africanos. Diferentemente das megacompanhias chinesas, os pequenos empresários não precisam seguir as diretrizes políticas e econômicas de Pequim. Sua única preocupação é a multiplicação do lucro.

Tudo o que sabemos sobre:

capitalismoChina

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.