A fábula da convivência pacífica entre os povos – uma atualização

Marcos Guterman

15 Julho 2010 | 11h55

O governo da Jordânia negou o teor de reportagem do jornal Haaretz segundo a qual a rainha Rania recusara convites para traduzir para o hebraico seu livro infantil The Sandwich Swap. A obra defende o multiculturalismo e o respeito às diferenças. Segundo autoridades jordanianas, Rania nunca recebeu tais convites, e a rainha permanece comprometida com a mensagem de tolerância e diálogo.

(Dica do leitor Zero. Obrigado!)

Mais conteúdo sobre:

multiculturalismo