A economia acabou. No Washington Post

Marcos Guterman

14 de março de 2009 | 00h57

Como a economia dos EUA virou pó, o jornal Washington Post, um dos maiores dos EUA, resolveu acabar com seu caderno de economia.

A direção do jornal diz que a decisão “faz todo sentido”, porque permite articular melhor o noticiário econômico com as informações nacionais e internacionais do primeiro caderno. Mas admite que a medida foi provocada, na verdade, pela necessidade de redução drástica de custos.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.