A Copa é a Copa, oras

Marcos Guterman

16 de abril de 2010 | 16h27

As autoridades de Buenos Aires anunciaram que as escolas serão “flexíveis” com os alunos em dias de jogo da seleção da Argentina na Copa do Mundo. Com a habitual simplicidade argentina, o ministro da Educação, Alberto Sileoni, justificou:

“É um fato cultural, desportivo, patriótico, nacional e de senso comum”.

Tudo o que sabemos sobre:

ArgentinaCopa do Mundofutebol

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.