A banalidade da tortura

Marcos Guterman

04 de maio de 2009 | 01h59


O vídeo: Guantánamo é fichinha

Um vídeo mostrado pela TV ABC mostra um homem sendo barbaramente torturado por, entre outras pessoas, um policial e o xeque Issa bin Zayed al Nahyan, membro da família real dos Emirados Árabes Unidos.

O homem é eletrocutado e espancado. Um dos torturadores bate nas nádegas da vítima com um pedaço de madeira com um prego na ponta. Em seguida, os algozes jogam sal nas feridas, e o xeque passa com sua Mercedes por cima dele.

Questionado pela TV ABC, o governo dos Emirados Árabes, após ter visto o vídeo, informou que esse não é o “padrão de comportamento” local, mas disse que “todos os procedimentos, regras e políticas foram seguidos corretamente pelo Departamento de Polícia”.

Quem quiser ver o que é tortura pode assistir ao vídeo aqui. Não é recomendável para estômagos fracos.