A aproximação dos EUA com o mundo islâmico

Marcos Guterman

07 de abril de 2009 | 00h13

O presidente Barack Obama sugeriu uma nova era nas relações entre os EUA e o mundo muçulmano. Se depender dos eleitores americanos, ele pode ir em frente.

Uma pesquisa divulgada pelo Washington Post mostra que 81% dos americanos acham que Obama deve se empenhar para aproximar os EUA dos países islâmicos.

A maioria dos entrevistados (55%) admite conhecer pouco ou nada sobre o islamismo, e 48% dizem ter uma visão desfavorável dessa religião. Mas 58% afirmam acreditar que o islã seja pacífico.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.