Prêmio Paulista de Boas Práticas Legislativas – 4ª edição

Mônica Sodré

21 de agosto de 2018 | 17h09

Há exato um ano tratávamos aqui sobre certa descrença existente na política municipal e sobre a necessidade de mudarmos essa percepção. Um ano depois, está de volta a mais nova edição do Prêmio Paulista de Boas Práticas Legislativas, criado com objetivo de reconhecer boas iniciativas e experiências que buscam transformar a realidade local a partir dos parlamentos. O Prêmio, em sua quarta edição, é uma realização do Movimento Voto Consciente, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional São Paulo (OABSP), a Associação Paulista de Escolas dos Legislativos e Contas (APEL) e o Laboratório de Gestão Governamental (LAb.Gov) da Universidade de São Paulo. Trata-se de uma iniciativa apartidária, gratuita, sem fins lucrativos e que tem inscrições abertas até o dia 10 de setembro. Nessa edição, além da premiação nas quatro categorias consagradas – Inovação, Excelência, Gestão Legislativa e Sociedade Civil – há duas premiações adicionais para mulheres, nas categorias Inovação e Excelência. O Prêmio parte da ideia de que a vida das pessoas se dá nos municípios e, por essa razão, nada melhor do que reconhecer, dar visibilidade e auxiliar na difusão daquilo que tem sido feito e tem dado certo nas diferentes cidades do estado a partir da percepção do Legislativo como poder capaz de melhor simbolizar a democracia representativa. Assim como nas edições anteriores, não há distribuição de recursos financeiros de qualquer tipo, as inscrições são absolutamente gratuitas e a participação é voltada exclusivamente a vereadores, Câmaras Municipais (mesas diretoras), servidores públicos dos parlamentos municipais, escolas do parlamento e organizações da sociedade civil do estado de São Paulo que atuem próximas a um ou mais dos 645 legislativos locais do estado. As inscrições, sem identificação de seus autores, serão julgadas anonimamente por uma Comissão composta por nove membros, oriundos de três áreas do conhecimento: advogados(as), administradores(as) públicos(as) e cientistas políticos(as). A divulgação dos selecionados ocorrerá exclusivamente pelo site do Movimento Voto Consciente em 22 de outubro e a cerimônia de premiação acontecerá no dia 22 de novembro de 2018, na sede da OAB em São Paulo. Ao final, assim como na edição anterior, todas as iniciativas finalistas e vencedoras, tal como os contatos de seus autores, farão parte do banco de dados público no site do Movimento Voto Consciente e ficarão à disposição da sociedade, de modo a inspirar o trabalho em rede e a replicação em outros municípios. Quer fazer parte? Conhece alguém que tenha uma boa iniciativa e que mereça ser conhecida e replicada? Inscreva-se! Mais informações, inscrições e regulamento podem ser encontrados em: www.votoconsciente.org.br/premio

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.