Com a participação de cientistas políticos do Legis-Ativo, é lançado o livro “Ciência Política e Políticas de Educação”, que pode ser acessado gratuitamente

Humberto Dantas

02 de agosto de 2021 | 20h14

*Texto de autoria da jornalista Haline Floriano, editora do blog.

Recentemente foi lançado o livro “Ciência Política e Políticas de Educação”, viabilizado pela Fundação Konrad Adenauer com apoio do Movimento Voto Consciente. A novidade em formato de um livro com mais de 600 páginas teve cada módulo organizado por um cientista político diferente: Humberto Dantas, Michelle Fernandez, Graziella Testa, Carolina de Paula e Tathiana Chicarino. O volume como um todo foi coordenado por Dantas e Joyce Luz. Ao longo de 38 capítulos, o livro busca traduzir desafios introdutórios à Ciência Política com ênfase, em diversos instantes, às políticas públicas educacionais no Brasil.

Entre os diferenciais da obra está a sua diversidade no corpo de autores e autoras, tanto em questões de gênero como de localidade. Além disso, dezenove dos vinte cientistas políticos do blog Legis-Ativo participaram como autores de capítulos (Ana Paula Massonetto, Araré Carvalho, Bruno Souza, Carolina Corrêa, Carolina de Paula, Claudio André de Souza, Eduardo Seino, Graziella Testa, Hannah Maruci Aflalo, Humberto Dantas, João Paulo Viana, Joyce Luz, Leon Victor de Queiroz, Lucas Ambrózio, Luciana Santana, Marcela Tanaka, Michelle Fernandez, Vitor Sandes e Vítor Oliveira).

Desta vez, o foco está na análise da Ciência Política e das Políticas de Educação. Tanto se credita à educação o caminho de transformarmos a nossa sociedade e, de fato, sem ela, reduzir as desigualdades e gerar oportunidades equânimes seria ainda mais difícil. Após a leitura dos textos, é inegável afirmar como a Ciência Política está em todos os lugares. A obra também permite que tenhamos um olhar mais crítico para a realidade à nossa volta, fazendo-nos cidadãos mais conscientes e capazes de discernir sobre o que são fatos verídicos e o que não é.

Por isso, compreender e aplicar esses dois universos pode nos ajudar – e muito. Ler a política também diz respeito ao que se pode ou não fazer para melhorar a situação em que vivemos. Diz respeito a conhecer as possibilidades que a política nos oferece de fazer a diferença. Ou ainda de entender a diferença que faz não participar.

Para os autores, ler a política diz respeito a aprender e educar sobre política, um tema que permeia direta ou indiretamente todas as disciplinas escolares, como mostram as Leis de Diretrizes e Bases da Educação e os Parâmetros Curriculares Nacionais. O intuito é mostrar a interface dos dois temas: a educação da política, tanto quanto a política da educação. A união desses dois universos é essencial para que debatamos, de forma equilibrada, o compromisso de uma nação com a educação para a vida democrática.

Entre inúmeros temas e discussões disponíveis no livro estão: democracia, cidadania, Estado, Governo, os desafios da Constituinte de 1988, políticas públicas educacionais, representação e representatividade, partidos políticos, controle social, judicialização, processo legislativo, transparência democrática e muito mais. Em resumo, é uma grande aventura inédita para aprender mais sobre os universos da Ciência Política e das Políticas Públicas para a Educação.

Para conferir o livro de maneira gratuita, no formato digital, basta acessar este link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.