As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um pé em cada canoa

Julia Duailibi

12 de março de 2013 | 16h51

Enquanto negocia participação no ministério da presidente Dilma Rousseff (PT), em Brasília, o PR também tenta se garantir em São Paulo. Por aqui, o partido quer ganhar uma secretaria na equipe de Geraldo Alckmin (PSDB). O secretário-geral do partido, Valdemar Costa Neto, o senador Antonio Carlos Rodrigues e o ex-ministro Alfredo Nascimento estiveram recentemente no Palácio dos Bandeirantes para conversar sobre a participação do PR no governo estadual. Alckmin, porém, quer esperar. Pretende ver o que Brasília vai oferecer ao PR para definir a participação que o partido deve ter em São Paulo.

Nos dois casos, as negociações passam por juras de fidelidade nas reeleições de Dilma e de Alckmin em 2014. Para variar, o que está por trás dos convites é o tempo de TV no horário eleitoral a que o PR tem direito. Cerca de um minuto.

 

Tudo o que sabemos sobre:

AlckminDilmaMinistérioPRtempo de TV

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: