As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Troca de comando

Julia Duailibi

20 de março de 2012 | 07h00

No momento em que os governadores começam a se articular para apresentar uma pauta de reivindicações ao governo federal, a despedida do atual diretor do Banco Mundial no Brasil, Makhtar Diop, vai concentrar num hotel de Brasília amanhã uma boa parte deles, como Sérgio Cabral (Rio) e Eduardo Campos (Pernambuco).

Diop vai se tornar vice-presidente do banco para a África. No dia 2 de abril, assume o seu lugar a americana Deborah Wetzel, atual chefe de equipe do Grupo Mundial em Washington. Ela será a primeira mulher a liderar o Banco Mundial no País.

 

 

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: