As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sem efeito

Julia Duailibi

16 de agosto de 2012 | 18h24

Na avaliação da coordenação de campanha de José Serra, a saída do PSDB de dois dirigentes zonais, Milton Kamiya e  Romualdo dos Santos Moraes, presidente e vice-presidente do diretório do Jabaquara, respectivamente, não afetará o desempenho do tucano na região, que fica na zona sul paulistana.

A coordenação da campanha de Serra lembra que o eleitorado da região “sempre foi” majoritariamente tucano. “Em 2010, 2006 e 2004, o percentual de votos de Serra ficou em 42% naquela região, e a nossa expectativa é de crescimento nessas eleições”, diz um integrante da campanha.

Hoje, os dois declararam apoio ao candidato do PMDB à Prefeitura, Gabriel Chalita, acompanhados por outros tucanos na região. Nesta semana, Kamiya e Moraes começaram a articular um movimento chamado “Sou tucano, voto Chalita”, antes mesmo de se desfiliarem do PSDB, o que resolveram fazer apenas hoje.

 

Tudo o que sabemos sobre:

ChalitaJabaquaramilitantePSDBSerra

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.