Schneider, o mais cotado para vice
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Schneider, o mais cotado para vice

Julia Duailibi

01 de junho de 2012 | 16h29

O ex-secretário municipal de Educação Alexandre Schneider (PSD) é o mais citado entre tucanos e aliados como o provável vice de José Serra (PSDB) na corrida eleitoral deste ano.

Além de ser do PSD, partido do prefeito Gilberto Kassab, Schneider tem um padrinho forte, o senador Aloysio Nunes Ferreira, principal articulador político de Serra. O marqueteiro de Serra, Luiz Gonzalez, também vê com simpatia o nome do ex-secretário.

A experiência de Schneider na secretaria é considerada um trunfo para a chapa liderada pelo PSDB, já que a eleição contará com outros dois candidatos da área: Gabriel Chalita (PMDB), ex-secretário estadual de Educação, e Fernando Haddad (PT), ex-ministro.

Schneider já protagonizou debates acalorados com Haddad, quando os dois ainda ocupavam seus cargos. Em 2009, chegou a publicar um artigo no qual dizia que o petista era dono de um “notável senso de oportunidade”. Isso porque, segundo Schneider, Haddad falava que ações do governo anterior haviam sido implantadas na gestão Lula.

A decisão do vice só deve sair após o Tribunal Superior Eleitoral decidir se o PSD tem direito a maior participação no fundo partidário e, depois, no tempo de TV no horário eleitoral – a primeira questão deve entrar na pauta do tribunal até o dia 15 de junho.

Mas o fato é que os partidos aliados, principalmente o DEM, que resistia a entregar a cadeira de vice para o PSD, do desafeto Kassab, já não dão mais tanta importância ao assunto. O foco agora está na participação em outras áreas do governo…

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.