As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lula e Chávez

Julia Duailibi

05 de março de 2013 | 18h41

Com Fernando Gallo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva soltou uma nota sobre a morte do venezuelano Hugo Chávez, na qual diz ter “orgulho de ter convivido e trabalhado com ele pela integração da América Latina e por um mundo mais justo”. “Eu me solidarizo com o povo venezuelano, com os familiares e correligionários de Chávez, neste dia tão triste, mas tenho a confiança de que seu exemplo de amor à pátria e sua dedicação à causa dos menos favorecidos continuarão iluminando o futuro da Venezuela”, afirmou o petista.

É provável que Lula participe do funeral de Chávez, na Venezuela. Mas, por enquanto, não há nada oficial na agenda do ex-presidente. Entre os dias 14 e 19 de março, ele fará visitas a quatro países da África: Nigéria, Benin, Gana e Guiné Equatorial. Por lá, se encontrará com políticos e empresários. Em Gana, o petista fará palestra, visitará o escritório da Embrapa e se encontrará com John Kufuor, ex-presidente do País. No dia 19, participa de um evento organizado pela revista britânica The Economist, chamado Nigeria Summit 2013.

Lula também já tem uma agenda de viagens pelo Brasil. Na semana passada, foi a Fortaleza. O objetivo do roteiro nacional é articular o PT para a eleição de 2014.

 

Tudo o que sabemos sobre:

ÁfricaBenininternacionalLulaviagem

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.