As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Homenagem que não é de esquerda, nem de direita, nem de centro

Julia Duailibi

01 de novembro de 2012 | 15h00

Com Bruno Boghossian

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) sancionou duas leis que criam no calendário oficial do Estado de São Paulo o Dia do Instituto Lula e o Dia do Instituto Fernando Henrique Cardoso, em homenagem às entidades que representam os dois ex-presidentes, do PT e do PSDB.

Os petistas comemorarão a data no dia 15 de agosto, e os tucanos, em 22 de maio. As sanções foram publicadas hoje no Diário Oficial do Estado.

Curioso: as propostas para criação das datas foram apresentadas, no mesmo dia, na Assembleia Legislativa pelo mesmo deputado estadual, José Bittencourt, do PSD, partido do prefeito Gilberto Kassab, que não é nem de esquerda, nem de direita, nem de centro.

 

Tudo o que sabemos sobre:

AlckminAssembleiaFHCinstitutoLulaPSDPSDB

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: