As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Governo consegue assinaturas para indicar Beraldo

Julia Duailibi

27 de outubro de 2012 | 17h34

Com Bruno Boghossian

A Assembleia Legislativa de São Paulo vai abrir caminho nesta segunda-feira, 29, para nomear o atual secretário estadual da Casa Civil, Sidney Beraldo, para o Tribunal de Contas do Estado (TCE). Foram publicadas hoje no Diário Oficial as assinaturas de 55 deputados estaduais a favor de sua indicação, articuladas pelo governador Geraldo Alckmin e com o apoio da bancada do PSDB. O adversário de Beraldo na disputa interna era o líder do PMDB na Assembleia, Jorge Caruso, que conseguiu recolher 37 assinaturas – com o apoio do PT.

Como Beraldo tem o apoio de mais parlamentares, seu nome tem prioridade no processo de nomeação. Na segunda-feira, o presidente da Assembleia Legislativa, Barros Munhoz (PSDB), pretende apresentar um Projeto de Decreto Legislativo para formalizar a indicação do secretário da Casa Civil. Na semana seguinte, seu nome será avaliado em uma audiência pública e votado pelos deputados.

A aprovação de Beraldo como conselheiro do TCE é dada como certa. Para Alckmin, que deseja disputar a reeleição, é estratégico ter um conselheiro afinado com o Palácio dos Bandeirantes.

 

Tudo o que sabemos sobre:

AlckminBeraldoCasa CivilTCE

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.