As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

FHC na telinha

Julia Duailibi

07 de setembro de 2012 | 15h47

Com Gabriel Manzano

Depois de gravar mensagem para o programa eleitoral do candidato do PSDB, José Serra, à Prefeitura de São Paulo, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que está disponível para fazer as aparições nas campanhas de “quem pedir”.

“É o seguinte, todo mundo que me pede, eu gravo. Gravo sempre. Pro pessoal do Amazonas, nas capitais, o que pediram eu gravei”, afirmou o tucano em entrevista ao Estado ontem, durante a qual falou sobre a “fadiga” de material do PSDB em São Paulo.

Questionado se as aparições guardavam relação com a entrada da presidente Dilma Rousseff (PT), na campanha municipal, ele afirmou: “Não, nada a ver. Até porque eu já gravei para candidatos nossos de outras capitais. Para Teresina, no Pará, Paraná. Vários deles”.

Os tucanos alegam que a campanha presidencial de 2010 escondeu FHC. Isso porque o então candidato a presidente, José Serra, tinha como estratégia aumentar sua inserção entre os eleitores lulistas, que não viam a administração tucana com bons olhos. Nessa eleição, o quadro mudou. Em São Paulo, Serra quer se consolidar entre os eleitores anti-petistas, tradicionais eleitores do PSDB que estão flertando com a candidatura de Celso Russomanno (PRB). Daí a entrada de Fernando Henrique na campanha de Serra.

 

Tudo o que sabemos sobre:

DilmaFHCgravaçãoSerraTV

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.