As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Feliciano indica evangélicos para relatoria de projetos polêmicos

Julia Duailibi

08 de maio de 2013 | 16h56

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Marco Feliciano (PSC-SP), indicou o deputado Pastor Eurico (PSB-PE) para relatar o projeto de lei que regulamenta a atividade das profissionais do sexo. O parecer da proposta, de autoria do deputado Jean Wyllys (PSOL-SP), será votada no plenário da comissão.

É a segunda relatoria de projeto polêmico que Feliciano entrega para integrantes da bancada evangélica. O presidente da comissão já havia indicado o deputado Anderson Ferreira (PR-PE) para relatar o projeto chamado de “cura gay”, que propõe a supressão de parte de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia que condena terapias de reversão da homossexualidade. O projeto havia recebido parecer favorável de Ferreira e seria votado hoje na comissão. O presidente da Câmara, deputado Henrique Alves (PMDB-RN), pediu a Feliciano que adiasse a votação. 

Tanto Pastor Eurico (PSB-PE) quanto Anderson Ferreira foram indicados para as respectivas relatorias no final de março. A nomeação não foi publicada na página da comissão, onde constam as informações sobre as relatorias.

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.