As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Exonerado de secretaria dá entrevista como se estivesse no cargo

Julia Duailibi

10 de agosto de 2012 | 14h37

O secretário municipal de finanças do PDT paulistano, Marcio Bento Villalva, foi exonerado do cargo de diretor técnico da Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho no último dia 20, segundo edição do Diário Oficial do Estado de ontem, mas continuou atuando como uma espécie de “porta-voz” do órgão em Ribeirão Preto.

Villalva era mais um dos integrantes do PDT nomeados pelo secretário de Emprego e Relações do Trabalho, Carlos Ortiz, aliado do candidato pedetista à Prefeitura de São Paulo, o Paulinho da Força, para ocupar posto na estrutura da  secretaria pelo interior paulista. Ele foi exonerado da pasta na esteira das denúncias de loteamento do PDT no órgão.

Ocorre que, apesar da exoneração, ele continuou representando a secretaria. Ontem, chegou até a conceder entrevista para um telejornal, durante a qual falou sobre os Postos de Atendimento ao Trabalhador da região de Ribeirão Preto.

Procurada, a secretaria informou que repudia o “erro” cometido por Villalva. “A secretaria não tinha conhecimento de que o senhor Márcio Bento Villalva falaria com a imprensa após ter pedido exoneração de seu cargo. É um erro que a secretaria repudia”, informou a pasta em nota.

 

Vídeo da EPTV:

eptv1.JPG

 

Cópia do Diário Oficial de 09/08/2012:

valesert.JPG

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.