As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Disputa entre Aécio e Serra chega a grupo de jovens do PSDB

Julia Duailibi

01 de maio de 2013 | 06h00

A disputa entre os grupos do senador Aécio Neves (MG) e do ex-governador José Serra (SP) alcançou a eleição para a Juventude do partido, que também ocorrerá no dia 18 de maio, quando será escolhida a nova direção do PSDB – e quando Aécio deverá ser eleito presidente do partido e o deputado Sergio Guerra (PE), que ocupa o cargo hoje, presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV).

Ontem, a Juventude do PSDB de Piauí soltou um manifesto “reivindicando eleições” para a escolha do novo presidente da Juventude. “O voto expressa a vontade da base”, disse o manifesto. O grupo defende o nome de Wesley Goggi (ES), ligado a Serra. Aécio, no entanto, quer na presidência da Juventude o prefeito de Pelotas, Eduardo Leite, de 28 anos, o mais jovem prefeito do partido.

Na semana passada, a direção nacional do partido indicou o secretário-geral da sigla, deputado Rodrigo de Castro (MG), aliado de Aécio, para acompanhar a eleição na Juventude, que tradicionalmente se dá pela criação de uma chapa de consenso. A ação foi vista como uma tentava de controlar a eleição e garantir a eleição de Leite.

 

Tudo o que sabemos sobre:

AécioeleiçãoJuventudePSDBSerra

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: